Bikehub.com.br | Compre e Venda - Bikes Novas e Usadas
Anuncie / Cadastre-se
Blog
Você sabia que temos um Marketplace também?
Compre Agora
CICLOTURISMO Sete destinos dos sonhos para pedalar
Bikehub

atendimento@bikehub.com.br

Sugestões de destinos para aproveitar ao máximo e lembrar para sempre.

Pedalar é sempre divertido, mas trilhas perfeitas, paisagens deslumbrantes e atividades luxuosas para os momentos fora do selim elevam o nível de qualquer pedal. Alguns destinos dos sonhos estão sempre na nossa lista de desejos.

>> OUÇA O PODCAST BIKEHUB SOBRE EXPERIÊNCIAS CICLÍSTICAS NO RIO DE JANEIRO, com Daniel Kullock, da Rio Cycling.

Seja na estrada ou na trilha, estes destinos são perfeitos para explorar sobre as duas rodas da sua bicicleta. Neles, você encontra lugares perfeitos para explorar de bike, entornos de primeira e desafios sob medida para vários níveis de ciclistas.

Claro que nenhum destes destinos é barato – nem é recomendado viajar durante a pandemia – mas sonhar não custa nada!

DESTINOS DOS SONHOS PARA PEDALAR

A Itália é inteira um destino dos sonhos
Trecho do Passo di Gavia, na Lombardia, ao norte da Itália.

TOSCÂNIA, ITÁLIA

Ciclista aproveitando a beleza toscana.

Em poucas palavras, a Toscânia é um paraíso ciclístico. O clima é ameno e as estradas, pouco usadas, oferecem tudo que um ciclista pode querer: colinas, planos rápidos, subidas famosas e desafiadoras e uma população acostumada à presença dos ciclistas. Além, é claro, das paisagens mediterrâneas, e da extraordinária culinária local.

QUANDO IR: No final da primavera e começo do outono locais.

NÍVEL: Tanto ciclistas intermediários quanto avançados vão encontrar ótimas opções de pedal.

CRESTED BUTTE, COLORADO, EUA

O Colorado é o destino dos sonhos dos mountain bikers
Mountain bike no Colorado: um sonho de consumo.

As trilhas de Crested Butte te levam por singletracks no meio de álamos (“Aspens”), trilhas amplas no meio de pradarias e estradas rochosas no alto do Continental Divide, umas das maiores cadeias rochosas dos EUA.

São dezenas de trilhas para todos os níveis, incluindo a longa descida de Teocali Ridge, considerada uma das trilhas de MTB mais legais do mundo:

QUANDO IR: Durante o verão (mas esteja preparado para tempestades durante a tarde).

NÍVEL: Ciclistas de VO2 máximo mais elevado (ou seja, com maior capacidade pulmonar) vão aproveitar mais o que Crested Butte tem a oferecer. Mas algumas trilhas menores circundam a cidade para a alegria dos novatos.

MADONNA DI GHISALLO, ITÁLIA

Estrada que leva ao santuário da Madonna di Ghisallo.

Conhecida como a padroeira dos ciclistas, a capela da Madonna Di Ghisallo fica na região da Lombardia, na Itália. O santuário ganhou esta fama quando o Conde Ghisallo afirmou ter visto a Virgem Maria (a Madonna) ao se refugiar na capela.

Por estar localizada em uma estrada por onde passava o Giro d’Italia, a capela virou ponto de peregrinação para ciclistas do mundo todo. Suas paredes são enfeitadas com jerseys e bicicletas de ciclistas históricos, como Fausto Coppi, Gino Bartali e Eddy Merckx.

Lá está também uma bicicleta que pertenceu a Alfonsina Strada, a primeira e única mulher a participar de um Giro d’Italia.

QUANDO IR: O clima e a elevação amenas fazem deste um destino que pode ser visitado o ano todo. O Tour de Lombardia geralmente passa por lá no início de outubro.

NÍVEL: É melhor você estar em boa forma, pedalando pelo menos três vezes por semana e preparado para encarar muitas subidas.

ALPE D’HUEZ, FRANÇA

Trecho do Alpe d’Huez, uma das subidas mais famosas do Grand Tour.

Este é um dos mais clássicos destinos dos sonhos para pedalar. Desde sua primeira inclusão no Tour de France, em 1952, o Alpe d’Huez virou uma das etapas mais disputadas pelos ciclistas dos Grand Tours. Também costuma ser o estágio mais frenético do Tour sempre que faz parte dele.

Seus 21 cotovelos, ao longo dos 13.2 km, são dedicados aos ciclistas que já venceram a etapa ao longo dos anos de história do Tour.

QUANDO IR: Final da primavera ou começo do outono, se você quiser pedalar. Mas se quiser assistir ao Tour – e não se incomodar com as multidões – alugue uma van e traga sua cadeira para garantir seu lugar ao lado da estrada.

NÍVEL: Com elevações de cerca de 8%, esta montanha não é das piores. Sua fama tem mais a ver com as disputas entre os ciclistas – e seu visual incrível – do que com sua dificuldade. Sem cronômetro, até um ciclista recreativo em boa forma pode aproveitar o desafio.

NAPA & SONOMA VALLEYS, CALIFÓRNIA, EUA

Ciclistas passam por uma das vinícolas da região de Napa Valley.

Por combinar tão bem seus vinhos com diversas opções de massas, que são basicamente o combustível do ciclista, as regiões de Napa e Sonoma viraram um dos destinos preferidos dos ciclistas norte-americanos.

As estradas têm terreno variado que podem agradar tanto ciclistas mais experientes quanto novatos. E as vinícolas oferecem degustações de vinho para todos os bolsos.

QUANDO IR: O ano todo.

NÍVEL: Com toda a variedade de terreno encontrada, você provavelmente vai ter que estar melhor preparado para comer e beber muito.

MOAB, UTAH, EUA

O paraíso de pedra do deserto do Moab.

A imensidão do deserto de pedra vermelha de Moab é mais um paraíso para os amantes do mountain bike. A aderência da rocha possibilita que até quem não é muito experiente possa se aventurar por paredes, descidas e terreno altamente acidentado.

É aconselhável contratar um serviço de guia local para se aventurar por ali – se perder no deserto pode ter resultados trágicos.

QUANDO IR: Primavera e outono locais.

NÍVEL Apenas ciclistas de nível avançado conseguirão aproveitar tudo que o Moab oferece, mas iniciantes também têm opções por ali.

BORMIO, ITÁLIA

O Passo di Stevio, um dos destinos dos sonhos para pedalar
O Passo di Stelvio, desafio para os mais experientes.

Este destino dos sonhos para pedalar engloba mais do que um atrativo. Nesta região ao norte da Itália ficam três das subidas mais famosas do mundo: os Passos de Stelvio, Gavia e e Mortirolo. Os três são paraísos para escaladores, e podem ser acessados por trajetos diferentes dependendo do tamanho do desafio que você pretende encarar.

QUANDO IR: A passagem pelo cume das montanhas só fica liberada durante o verão.

NÍVEL: Apenas ciclistas experientes e bem treinados em subidas vão conseguir tirar prazer da empreitada.

Para Bikers como você
Bikehub.com.br | Compre e Venda - Bikes Novas e Usadas